quinta-feira, agosto 06, 2009

O velho armário

Abro o armário. Observo vagarosamente em busca de um qualquer agasalho que me permita enfrentar o vento que sopra lá fora, e à esquerda encontro algo que me prende o olhar. Deixo que os dedos deslizem suavemente na fazenda de cor preta. Respiro fundo e cerro os olhos.


-Despacha-te, Filipa. O teu avô engraxou-te as botas.


Corro apressadamente a calçá-las. Quando o som da campainha que anuncia o recreio se fizer ouvir, correrei rapidamente pela escada de madeira até ao pátio da velha escola. Hoje ninguém me ganha no jogo da macaca nem nos campeonatos de berlinde que disputo com os rapazes. Tenho as botas engraxadas pela paciêcia do meu avô e assim sinto que poderia enfrentar todos os desafios do mundo, ainda que aos 8 anos estes se resumam apenas a meros jogos de criança.


Assaltam-me a memória momentos simples, singelos, que hoje assumem outra preponderância. Tantos planos haviamos feito para este Verão e para os que se seguissem (lembras-te?), entre uma e outra pergunta sobre os exames escolares que me levariam a outros voos. Enchia-te os olhos de orgulhos a ideia de que os faria com a facilidade com que tu fazias uma simples conta de somar no fundo de uma folha já rabiscada. Ou pelo menos assim gostavas de pensar.


-Tens a inteligência do meu pai e a sabedoria da minha mãe. - dizias.


Fazes-me falta. Tenho as botas por engraxar e um vazio no peito que lateja dolorosamente.
Soubesses tu as vezes que me remexo nos lençois esperando pelo sono raptado pelo medo de te desiludir...terás ainda orgulho em tudo o que sou?


Não! Abro os olhos, limpo apressadamente as lágrimas à manga da camisola e fecho bruscamente o armário. Hoje não há lugar a saudosismos.

2 comentários:

* Лαяiα disse...

:)

Bom fim de semana!!

Beijinhus*

Joana Filipa disse...

Em relação ao Robbie, ele tem um carinho muito especial pelos fãs. Devias ver o documentário que meti no blog, nao fala mt da relação com os fãs mas ficas a conhecer mais um pouquinho sobre ele.


Eu espero bem que sim, porque a universidade assusta-me tanto =/