segunda-feira, abril 10, 2006

Morangos (pouco) Doces!


Desde há cerca de um ano para cá (ou até talvez mais), Portugal está rendido ao fenómeno "Morangos com Açúcar" em exibição na TVI. Miúdos e graúdos já não dispensam a companhia diária dos jovens que integram o elenco desta famigerada série, e a própria TVI parece explorar todo este interesse da forma mais inteligente:férias da Páscoa, Natal, férias de Verão, estreia de "Floribella" num canal concorrente... enfim, todos os pretextos são válidos para impingir aos telespectadores doses extra da novela de Matilde e companhia.
No entanto, nos últimos tempos tenho notado que existem ainda alguns portugueses (dos quais eu faço parte) a quem a série está longe de convencer. Acreditem que não é por falta de vontade, pois já tentei por diversas vezes assistir aos episódios, mas para bem da minha saúde mental, acabei inevitavelmente por mudar de canal.
Embora respeite todos os fãs de Morangos com Açúcar e louve os temas bastante sérios abordados na novela, considero deprimente todo o seu argumento base, o que se reflecte igualmente nos diálogos que, quanto a mim são medíocres. No entanto, confesso que o que mais me indigna nesta série é
a prestação dos "actores".
Enquanto amante da arte de representar e igualmente enquanto espectadora, considero ser de um enorme desrespeito e de uma falta de gratidão extrema para com todos os actores deste país e todos aqueles que fazem da representação a sua vida; uma televisão como a TVI que tanto se gaba se apoiar a ficção nacional, apostar em meras "carinhas larocas"que de actores apenas possuem a designação que os próprios e a comunicação social teimam em atribuir-lhes.
Por estes motivos, considero que a série "Morangos com açúcar" não é mais que uma forma (bastante eficaz) não só de deseducar o público mais velho que está habituado a "coisinhas" melhores, mas também algo um pouco mais grave: os jovens a quem hoje impingimos episódios atrás de episódios dessa deplorável novela, serão os adultos que amanhã, habituados a uma reduzida qualidade da ficção nacional e dos actores portugueses, contentar-se-ão com muito pouco, comprometendo inevitavelmente o futuro da televisão, do teatro e do cinema em Portugal!!!

5 comentários:

Silvana Gonçalves disse...

Ola Ana !!
Olha miuda n sei q t diga... li os teus textos e nem fiqei mt surpreendida pq ja era d esperar q tivesses tanto jeito pra isto. Conheço.t ha 6 anos i realmente tens t vindo a demonstrar uma miuda FANTASTICA ! espero q nnc mudes.. e ja sabes política ou escritora.. terás mt futuro =D ms eu sei q n é bem isso q tu qers.. eheh. Bjoniii fofo e continua a ser cmo és ! *** porte.se bem ;)

@ Silvana Gonçalves

P.S- Morangos dominam mt mm !! ms eu percebo o teu lado ;)

Diana Canelhas disse...

Oi, gaja! Por mais que me custe, tenho de concordar contigo, mas também tenho de confessar que eu não passo sem os Morangos com Açúcar. Não vale a pena perguntares porquê, pois eu não te sei responder. Sabes, se calhar é por não ser tão apreciadora dessa arte (teatro) como tu e como tal deixo-me influenciar por qualquer coisinha que apareça na Tv. Beijinhos da tua grande amiga Diana Margarida N. C.

ernesto esteves disse...

Olá Estrunfina,
Parabéns por este espaço que tens aqui. Sabes, apreciei muito a forma clara como escreves e como as ideias estão organizadas. Deves ser uma boa aluna !
Agradeço-te também a visita que fizeste ao meu blog. Volta sempre que quiseres ;)
Beijinho

ernesto esteves disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Concordo plenamente! Um texto bem argumentado. ;)