sábado, setembro 26, 2009

Que as pessoas mudam já todos sentimos um dia ou ouvimos dizer a alguém amargurado e, sobretudo, desiludido. O que constantemente me questiono é se na realidade o ser humano se mantém imutável e somos nós quem gosta de o imaginar de forma diferente, criando uma imagem e personagem provavelmente mais idílicas mas que, na verdade, não existem.
Seja como for, é inevitável que, mais cedo ou mais tarde nos tenhamos de confrontar com o verdadeiro eu de cada um, sendo que se de um ser até então essencial à nossa existência se tratar, ficam mazelas…e das profundas.

3 comentários:

matilde disse...

Obrigado querida, és um anjo *

Poppins disse...

O teu comentário foi música para o meu coração! :)

Um grande beijo. *

mary ♥ disse...

acho que de certa forma tens razão.